Cultura
 

Quem sobe ao Castelo de Castro Marim, castelo templário que D. Dinis passou para a Ordem de Cristo da noite para o dia, mantendo os mesmos frades guerreiros, vê de um lado o mar e de outro as formas redondas de montes que se estendem até ao horizonte. Essas são as serras que desafiam os que apreciam os grandes espaços, se interessam por identificar aves e plantas, gostam de passeios a pé ou de bicicleta, de contactar com a Natureza.
Pelo caminho vão-se encontrando pequenas aldeias de casas brancas e baixas, rodeadas por campos de cultivo, as manchas refrescantes dos vastos lagos das barragens de Beliche e Odeleite, os perfis de antigos moinhos nas lombas dos montes. Depois é o rio Guadiana de curso sinuoso, atravessando serranias isoladas.

Nas paisagens de Castro Marim reina o Sol. Marcando presença todos os dias, aquece a natureza, faz dourada a pele, dá vida à praia. As Praias de Altura, Cabeço, Alagoa, Verde e Retur, unidas por um largo e vasto areal, são das mais belas da costa algarvia. Envolvidas por uma vegetação de verde pinhais e aromáticas macelas, são paraísos a descobrir. Estendem-se numa orla de azuis profundos e areias finas e brancas, que nos escapam entre os dedos. Com um clima muito ameno, estas praias banhadas por águas calmas e de temperaturas quentes, embalam-nos ao som de suaves ondas.



© Quinta da Fornalha - Todos os direitos reservados.